ANAJURE apresenta trabalho sobre como a violência simbólica afeta a liberdade religiosa no Brasil durante conferência na Universidade de Cambridge

0

[Read the news in english]

Screen Shot 2015-04-29 at 00.30.41


IMG-20150502-WA0011"Religious Freedom in Brazil: Reflections on the symbolic violence" (Liberdade Religiosa no Brasil: reflexões sobre a violência simbólica) foi o tema apresentado na Universidade de Cambridge por Felipe Augusto Lopes Carvalho (membro da ANAJURE/PB) e pelo Dr. Uziel Santana (Presidente da ANAJURE), durante a IV Oxbridge Conference on Brazilian Studies, evento promovido pelas Universidades de Cambridge e Oxford, ocorrido no dia de ontem (02) e prestigiado por vários acadêmicos das duas universidades organizadoras.

Felipe Augusto, que também é concluinte do Curso de Direito na Universidade Estadual da Paraíba, afirmou que esta foi uma oportunidade única de refletir sobre a proteção jurídica à liberdade religiosa, através da análise de casos de "violência simbólica" contra o direito à liberdade religiosa no território brasileiro, com o intuito de contribuir para o fim das violações a esse direito humano fundamental.

 “O trabalho foi elaborado pela perspectiva de que, apesar de não haver violência real no Brasil, como acontece em países do Oriente Médio e Norte da África, por exemplo, temos várias restrições, sobretudo governamental, dentro da perspectiva que Pierre Bourdieu chama de violência simbólica. Neste sentido, desconstruímos, maxima data venia, a tese do último relatório do Pew Research Center de que o Brasil é o campeão em liberdade religiosa, quando se fala em "government restrictions and social hostilities", disse Uziel Santana.

 

IMG-20150502-WA0013

Destacando que em breve a ANAJURE lançará nota pública oficial explicativa sobre o tema defendido neste evento, o Presidente da ANAJURE reforçou que a divulgação equivocada de um cenário de liberdade religiosa como o descrito no relatório do Pew Research Center não se coaduna com a realidade brasileira, confunde a opinião pública e todos aqueles que trabalham em defesa do respeito e plenitude da liberdade religiosa como principal direito humano fundamental. “Quem conhece as restrições governamentais na liberdade de missionários e tribos indígenas e a imposição de teses secularistas e laicistas na esfera pública sabe que o nosso cenário atual é de graves violações ao direito de liberdade religiosa, ainda que estas sejam perpetradas sem violência real, mas simbólica. Os exemplos disso são inúmeros como iremos demonstrar no nosso relatório a ser publicado nas próximas semanas sobre violações à liberdade religiosa no Brasil.".

Pós-Graduação:

Os próximos passos do Dr. Uziel Santana em Londres ao longo desta semana será pra dar continuidade ao projeto de parceria acadêmica de estudo, investigação, educação e formação no âmbito de temáticas relacionadas com Direito, Política e Religião, que visa a realização de um curso de pós-graduação que será organizado pela ANAJURE, junto ao Centro de Direitos Humanos da Universidade de Coimbra, Universidade Presbiteriana Mackenzie (Brasil) e Programa de Direito, Religião e Relações Internacionais da Universidade de Oxford (Inglaterra), cujo edital será publicado em breve.  

Na próxima segunda-feira, o Dr. Uziel Santana e Felipe Augusto se encontrarão com a Dra. Nazila Ghanea (professora de Direito Internacional dos Direitos Humanos da Faculdade de Direito da Universidade de Oxford) e o Dr. Peter Petkoff (Diretor de Direito, Religião e Programa de Relações Internacionais do Centro para Cristianismo e Cultura do Regent's Park College, Oxford) justamente para fechar a parceria institucional entre ANAJURE e Universidade de Oxford.

_______________________________________________
Por: Wanda Galvão l Tradução para o inglês: Igor Sabino l ANAJURE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui