Na Costa Rica, profissionais do Brasil, EUA e Europa participam de palestra sobre histórico dos 3 anos de atividades da ANAJURE

0

Foto EDI

 

No último Sábado (28), no Colégio de Médicos y Cirujanos, em San José, Costa Rica, o Dr. Uziel Santana palestrou sobre sua experiência na liderança da ANAJURE desde novembro de 2012, durante a programação do Foro de Economía, Diplomacia e Integridad, idealizado pela Plataforma C (Platform for Christian Politics) em parceria com o Movimiento Interamericano de Profesionales Cristianos e apoio do partido cristão holandês Christian Unity.

Os participantes puderam conhecer o relatório de atividades dos três anos da ANAJURE (disponível em pdf neste link), enquanto modelo de liderança para uma entidade civil sem fins lucrativos. O Dr. Uziel Santana discorreu sobre a missão institucional primordial da ANAJURE, que é a defesa das liberdades civis fundamentais – em especial a liberdade religiosa e de expressão – e a promoção dos deveres e direitos humanos fundamentais – em especial o princípio da dignidade da pessoa humana. Ele falou sobre como a ANAJURE nasceu e mostrou a evolução e expansão das atividades, que chegaram a alcançar diversas frentes nacionais e internacionais em vigor nos dias atuais.

“A ANAJURE é constituída por advogados, juízes, desembargadores, promotores de justiça, procuradores, acadêmicos e bacharéis em direito, com membros de todos os Estados Brasileiros. Hoje temos cerca de 500 juristas filiados em todo o Brasil e através do projeto ANAJURE Refugees chegamos até o Oriente Médio para atuar com ajuda humanitária, mas quando começamos a fomentação para criação da ANAJURE, ainda em 2007, éramos apenas três advogados que compartilhávamos da mesma preocupação acerca da pressão social realizada por movimentos de ideologias anticristãs e antirreligiosas, que sutilmente ganhavam força no Brasil. Outros juristas começaram a se agregar nesta ação, e então foi decidido que era a hora de institucionalizar este nosso movimento que se colocava como ferramenta em defesa de uma agenda que defendesse a liberdade religiosa e os direitos humanos no Brasil, e em outros países que abrissem suas portas aos nossos projetos e bandeiras. Em 2012, nascia então no Congresso Nacional brasileiro a ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JURISTAS EVANGÉLICOS (ANAJURE). A busca de diálogo com outras religiões afim de defender a liberdade religiosa e o importante apoio das principais igrejas cristãs, entidades religiosas e educacionais confessionais do Brasil, somado às parcerias com órgãos do Poder Público brasileiro e à aliança com organizações internacionais que também atuam em defesa das liberdades civis fundamentais foram essenciais para ajudar a formar o que a ANAJURE é hoje”, destacou o Dr. Uziel em sua palestra.

Além de um grande público da Costa Rica, o evento também reuniu profissionais de negócios, política e economia do Brasil, EUA e Europa para falar sobre integridade, ética e combate à corrupção, numa interessante troca de conhecimento entre as diversas lideranças cristãs internacionais presentes, que falaram sobre participação ativa de cristãos na sociedade, crise de valores e integridade política internacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui