Novas esperanças para curar a síndrome pós-aborto

0

Após o aborto, muitas melheres relatam ter depressão, ira, sentimento de culpa, ansiedade, anorexia, etc

 

mulher-aborto

Mais doloroso que dar à luz a um filho é não dar-lhe à luz. No entanto, a cura é possível. Agora surgem novas esperanças para as mulheres que abortaram. Mais ajudas para curar suas feridas após a morte de seu filho.

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=934TJ8C_dSQ#t=28′]

No Chile – O Projeto Esperança nasceu em 1999 e hoje está presente em 15 países do continente
•    Projeto Esperança 
– www.proyectoesperanza.cl l e-mail: proyectoesperanza@vtr.net l Telefones: 56.2-2569 7921 / 56.9-9284 1504

Um novo vídeo de ajuda à mulher que sofre a síndrome pós-aborto nos Estados Unidos mostra que já são muitas as organizações que podem oferecer apoio psicológico, humano e espiritual no caminho da cura. Na Espanha, algumas dessas organizações também já começaram a dar muitos frutos no consolo de mães, pais e familiares, segundas vítimas do aborto.

•    Rachel’sVineyard – rachelsvieneyard.org
•    Project Rachel
 hopeafterabortion.org
•    National Office of Post-Abortion Reconciliation&Healing 
– Noparh.org
•    National Helpline for Abotion Recovery
nationalalhelpline.org
•    Abortion Recovery Care Center
abortionrecovery.org
•    Me and Abortion Network
meandabortion.net

Para obter mais informações sobre o pós-aborto:

•    Silent No More Awareness Campaing silentnomoreawareness.org
•    Operation Outcry
operationoutcry.org
•    Reclaiming Fatherhood
menandabortion.info
•    World Expert Consortium for Abortion Research & Education
 wecareexperts.org

_________________________
FONTE: http://www.hazteoir.org/
TRADUÇÃO: Samara Ruana l ANAJURE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui