SÍRIA – Aniversário de 3 anos do sequestro de Bispos em Aleppo. #NãoFoiEsquecido

0

Os cristãos sírios pedem oração por seu país neste terceiro aniversário do sequestro dos dois bispos de Aleppo.

download
No dia 22 de abril de 2013, o Bispo Yohanna Ibrahim (Igreja Ortodoxa Síria) e o Bispo Boulos Yazigi (Igreja Ortodoxa Grega) foram interceptados por militantes armados em uma viagem ao norte de Aleppo. Os militantes sequestraram os bispos e assassinaram o motorista que os conduzia. Um quarto homem, cristão, que viajava com eles, conseguiu  escapar. Eles estavam viajando para uma área perto da fronteira com a Turquia para participar das negociações de libertação de dois sacerdotes sequestrados no dia 9 de fevereiro de 2013. O destino e paradeiro dos bispos e padres ainda permanecem desconhecidos.

Marcando o aniversário, os Patriarcas ortodoxos sírios e gregos de Antioquia emitiram uma declaração conjunta onde apelam para a libertação dos bispos e exortando a comunidade internacional a tomar medidas determinantes a favor deles. [LEIA AQUI]

Os Patriarcas descrevem a situação dos bispos como "uma miniatura do grande sofrimento humano" infligido na Síria. Eles rejeitam categoricamente as noções que os cristãos devem ser considerados como "minoria" e que os cristãos podem ser protegidos, facilitando a emigração. Eles enfatizam que os cristãos sírios compartilham a dor e incerteza dos seus compatriotas e, juntamente com todos os sírios de boa vontade, têm o compromisso de trabalhar para a paz, "com base na co-existência, cidadania e discurso religioso moderado".

Com as igrejas ortodoxas se preparando para celebrar a Páscoa no dia 01 de maio, os Patriarcas lembram que os cristãos são "filhos da Ressurreição e da Luz", e que a sua esperança é, em última análise, em seu Senhor ressuscitado.

Os cristãos sírios pedem nossas orações para que:

* Cesse a violência, a paz seja restaurada e a regra clara da lei seja aplicada igualmente para todos em todas as partes da Síria;
* Todos os que permanecem sequestrados recebam a força e o sustento do Senhor, e que possam ser libertados em breve;
* Aqueles que estão em luto tenham o conforto de Jesus, e que os feridos e traumatizados recebam Sua cura e sintam Sua presença;
* As necessidades dos milhões de sírios que foram deslocados, tanto dentro do país como no exterior, sejam adequadamente atendidas;
* Os envolvidos nas negociações de paz priorizem as necessidades do povo sírio e não suas próprias; e,
* Todos os que usam meios violentos tenham a convicção do pecado pelo Espírito e respondam à oferta do Pai de uma nova vida através da obra do Filho.

______________________
Fonte: Middle East Concern

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui