VIETNÃ – Centro cristão de Binh Duong sofre novos ataques e prisões

0

vietnãUm centro cristão na província de Binh Duong, Vietnã, foi violentamente atacado por assaltantes desconhecidos no dia 12 de novembro.

Os assaltantes, que se acredita terem sido contratados pelo governo, chegaram ao centro pouco antes da meia-noite e invadiram o centro usando martelos e cortadores de metal, de acordo com um relato do Morning Star News. Eles tentaram intimidar os cristãos que ficam no centro, que pertence a uma igreja Menonita Vietnamita, enquanto a polícia filmou o incidente. Nove dos cristãos do centro foram presos pela polícia, acusados de não terem cartões de identificação e documentos de residência temporária. Esses documentos teriam sido confiscados pela polícia em uma ocasião anterior.

Este é o mais recente em uma série de ataques ao centro que começou em junho de 2014, quando 76 cristãos receberam chutes, socos e foram detidos por uma multidão de 300 a 500 pessoas, liderada pelo chefe da polícia local. O ataque ocorreu um mês antes de uma visita ao Vietnã do relator especial da ONU para a liberdade de religião ou crença, o  Professor Heiner Bielefeldt . A visita foi interrompida quando alguns indivíduos compareceram ao lical com o objetivo de intimidar, perseguir ou impedir algumas pessoas de viajar. Em um comunicado de imprensa no final da visita, o professor Bielefeldt concluiu que "graves violações da liberdade de religião ou crença são uma realidade no Vietnã".

Um relatório da igreja Menonita em Binh Duong diz que jagunços e policiais continuam a perseguir os cristãos no centro, seja dia ou noite, inclusive durante as reuniões religiosas, agredindo-os com ovos podres e usando tijolos e pedras para danificar o prédio. Os membros da Igreja também foram perseguidos em suas casas ou locais de trabalho, e alguns tiveram o dinheiro confiscado pelas autoridades. O relatório afirma que 34 pessoas ficaram feridas nos ataques.

O líder da igreja, o pastor Nguyen Hong Quang, cujo filho foi uma das nove pessoas presas em 12 de novembro, apelou para a ajuda de "todos os governos interessados com os direitos humanos, à ONU e organizações preocupadas com a proteção desse direitos, para ajudarem a acabar com o mal propagado pela polícia de Binh Duong e funcionários do governo. 

O chefe do departamento da CSWã, Andy Dipper, disse: "Os ataques contra cristãos neste centro, entre junho e novembro, ressaltam as observações do Relator Especial das Nações Unidas na conclusão da sua visita em Julho de 2014. Nós compartilhamos as preocupações do Relator Especial sobre a situação de independentes ou grupos religiosos que não são registrados, incluindo a igreja Menonita, que não é registrada em Binh Duong. A CSW condena o uso excessivo da força por parte dos agentes policiais e de segurança nos ataques ao centro cristão, e o rompimento contínuo de suas atividades religiosas pacíficas. Exortamos o Governo vietnamita para proteger o direito à liberdade de religião ou crença de todos os religiosos e minorias no Vietnã, ambos, registrados e não registrados".

A Christian Solidarity Worldwide (CSW) é uma organização cristã que trabalha pela liberdade religiosa através da advocacia e dos direitos humanos, na busca da justiça.

Notas aos editores:

1. Os menonitas formam um grupo cristão com raízes suíças e alemãs, e recebem este nome em homenagem ao padre holandês Menno Simons. No Vietnã, os vários ramos da igreja Menonita estiveram envolvidos na defesa e visita aos prisioneiros de consciência religiosa, e trabalhar com os pobres e marginalizados.

__________________________
FONTE: CSW
TRADUÇÃO: Fernando Souza l ANAJURE

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui