Fórum 18 mostra casos de violação da liberdade religiosa no Uzbequistão

Russian-Orthodox-St.Alexey-cathedral-in-Samarkand-e1505407438765

[FOTO: Catedral Ortodoxa Russa St. Alexei / World Watch Monitor]

O regime uzbeque continua a manter seus cidadãos, incluindo os cristãos, “com medo constante”, submetendo-os à vigilância, ameaças, ataques, multas e prisões de curta duração, de acordo com a análise sobre a liberdade de religião no país feita pela Fórum 18, Agência Regional de Notícias no Uzbequistão.

Em uma visão abrangente, a Fórum 18 destaca uma série de incidentes, incluindo dois em julho, quando um padre ortodoxo russo foi forçado a participar de um “julgamento de exibição” para acusar dois batistas, e quando a polícia invadiu uma reunião de 27 protestantes, onde algumas mulheres membros da congregação foram assaltadas. De acordo com a agência, durante as prisões, as mulheres foram despidas à força até as roupas íntimas, havendo ainda interrogatórios e apreensões de literatura.

Os dois batistas foram julgados por tentar ser reunir para culto sem permissão. O padre disse para a Fórum 18 que não queria participar do julgamento, que deveria ser exibido na televisão controlada pelo estado, mas, disse ele: “o juiz Azamat Khushvakhtov me chamou e me disse que eu deveria participar. Quando tentei resistir ao convite, ele pressionou-me, dizendo que, se eu não fosse não seria bom para a Igreja”. No final, os dois batistas receberam, cada um, cinco dias de prisão, enquanto outros três foram multados.

A Fórum 18 descreve como é necessária a permissão do Estado para todas as reuniões religiosas ou para qualquer atividade evangelística planejada. Invasões ocorrem regularmente e muitas vezes levam a prisões e espancamentos.

O Uzbequistão considera o cristianismo estranho e desestabilizador; suas autoridades monitoram de perto os grupos religiosos. O país ficou em 16º lugar na lista de Perseguição Mundial da Open Doors em 2017, que lista os 50 países onde é mais difícil ser cristão.

__________________________
Fonte: Wolrd Watch Monitor
Por: Redação l ANAJURE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here