Parlamentares de vários países se reunirão em Nova York para discutir sobre perseguição religiosa

0

O IPPFoRB é uma rede informal composta de parlamentares eleitos e legisladores de vários países ao redor do mundo comprometidos com o combate à perseguição religiosa e com a garantia da liberdade de religião ou crença conforme preconiza o Artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos. 

ippforb-logo-400

29B2128-1024x682


Face à crescente perseguição religiosa de pessoas devido à fé ou crença professadas, nos dias 18 e 19 de setembro, mais de 100 parlamentares de aproximadamente 50 países se reunirão na cidade de Nova York para discutir meios de assegurar e incrementar a liberdade de religião ou crença.

 

Leia também:

– ANAJURE coordena Coalizão Internacional contra a Perseguição Religiosa.

​- Luta pela Liberdade Religiosa se fortalece com aliança internacional que une parlamentares de várias nações. 

– Em Washington D.C., Presidente da ANAJURE participa de terceiro encontro de Grupo internacional de parlamentares que trabalham pela liberdade religiosa no mundo.

– Estão lançados oficialmente o IPP/Brasil e a Frente Parlamentar Mista para Refugiados e Ajuda Humanitária (FPMRAH).


O evento conta com o apoio do International Panel of Parliamentarians for Freedom of Religion or Belief (IPP FoRB), uma rede iniciada ano passado em resposta à crescente crise de perseguição religiosa implementada tanto por grupos terroristas quanto por governos autoritários. O IPP é uma aliança de parlamentares comprometidos com a garantia da liberdade religiosa para todos, como definido pelo Artigo 18 da Declaração Universal de Direitos Humanos.

Do Brasil, acompanhados pelo Dr. Uziel Santana (Presidente da Associação Nacional de Juristas Evangélicos – ANAJURE – e da Federación Inter Americana de Juristas Cristianos – FIAJC), irão o Deputado Federal Leonardo Quintão (líder do IPP/Brasil) e o Senador José Medeiros. A ANAJURE é uma entidade brasileira composta por juristas de todo o Brasil, e a FIAJC tem representação em 13 países da América Latina; ambas estarão representadas no encontro pelo Dr. Uziel.

“Na véspera da Assembleia Geral da ONU, estou muito satisfeito por tantos parlamentares estarem vindo a Nova York para discutir como proteger a liberdade religiosa e de crença para todos”, disse o membro do Comitê Diretor Abid Raja (MP, Noruega). “A crise de imigração que a Europa está enfrentando é alimentada pelo extremismo religioso e perseguição. É positivo que o que nós iniciamos ano passado no Nobel Peace Center continua a crescer, assim como os problemas continuam a crescer também.”

“Há uma crise global pela liberdade de religião ou crença”, disse a membro do Comitê Diretor do IPP, a Baronesa Elizabeth Berridge (Reino Unido). “Um problema internacional requer uma resposta internacional. Nossas reuniões em Nova York reunirão parlamentares, diplomatas, membros da sociedade civil e líderes religiosos para traçar estratégias para defender esse direito fundamental. Uma ação coletiva é necessária agora mais do que nunca.”

Os destaques do evento incluem:

– Painéis com os principais parlamentares e diplomatas na sexta-feira de manhã sobre como assegurar a liberdade de religião ou crença para todos em face da repressão exercida pelo ISIS e governos autoritários.

– Uma discussão com líderes religiosos, incluindo um clérigo do Irã, um bispo da Nigéria e um líder budista do Japão, na sexta-feira de manhã.

– No sábado pela manhã, audiência com membros da família de religiosos presos no Irã: a esposa do Pastor Saeed Abedini e um parente de um líder bahai encarcerado.

– Assinatura, no sábado de manhã, da Resolução de Nova York sobre Liberdade de Religião ou Crença pelos 100 parlamentares, comprometendo-se a renovar ação para promover esse direito fundamental.

Os parlamentares participantes da reunião virão de: Bielorrússia; Bósnia e Herzegovina; Brasil; Birmânia/Myanmar; Camboja; Canadá; República Centro-Africana; Chade; Chile; Costa Rica; República Checa; Dinamarca; República Dominicana; Equador; Egito; El Salvador; Geórgia; Alemanha; Honduras; Índia; Iraque; Irlanda; Israel; Jordânia; Quênia; Líbano; Lituânia; Malawi; Malásia; México; Nepal; Países Baixos; Nigéria; Noruega; Paquistão; Panamá; Peru; Senegal; Sérvia; Ilhas Salomão; Sudão do Sul; Sudão; Taiwan; Tunísia; Turquia; Reino Unido; Uruguai. 


________________________
Fonte: IPP FoRB
Tradução: Jamile Baltar l ANAJURE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui