“No Palácio do Planalto, reverenciamos a maior autoridade ali presente: JESUS”, disse o Dr. Uziel Santana

0

Por: Redação l ANAJURE

[FOTO: Presidente da ANAJURE durante leitura bíblica em culto no Palácio do Planalto / ANAJURE]

 

[FOTO: Presidente Jair Bolsonaro deixa sua mensagem de final de ano / ANAJURE ]

No fim da tarde desta terça-feira (17), a Frente Parlamentar Evangélica (FPE) coordenou a realização de um Culto de Ações de Graças pelo ano de 2019, ocorrido no Palácio do Planalto, dando início à Conferência Nacional da FPE, cuja programação se encerra amanhã (18), no Centro de Eventos Unique Palace, discutindo sobre as relações entre a perspectiva cristã e o cenário social brasileiro hoje.

No culto, o presidente da ANAJURE foi o responsável pela leitura bíblica, feita no livro de Salmos, número 66, versos de 1 a 4, que traz uma mensagem de gratidão e exaltação a Deus. “Ali, com muito respeito às demais religiões existentes no Brasil e em nome da liberdade religiosa dos evangélicos, pudemos reverenciar a maior autoridade ali presente, conforme crê o cristianismo: Jesus!”.

 

[FOTO: Dr. Eduardo Sabo, Dr. Uziel Santana e Dr. José do Carmo Veiga, representando a ANAJURE na ocasião. / ANAJURE]

Ministros do Governo, parlamentares e líderes evangélicos de todo o país estiveram presentes participando da programação, com orações e louvores, agradecendo a Deus pelo primeiro ano do Governo Bolsonaro e pedindo que Ele abençoe o ano de 2020. O presidente também externou sua gratidão por 2019 em sua mensagem de final de ano.

Amanhã, a ANAJURE terá oportunidades de fala em duas mesas da Conferência da FPE: uma que abordará “Missões transculturais e liberdade de culto”, na qual, inclusive, também estará o Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. A outra mesa tem como tema “O poder judiciário na perspectiva da cidadania cristã”, da qual também participará o Dr. Eduardo Sabo Paes, membro do Conselho Diretivo Nacional da ANAJURE, além do Presidente do Superior Tribunal de Justiça, Ministro João Otávio de Noronha, entre outras autoridades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui